quarta-feira, 28 de outubro de 2009

GESTARGENTE PERNAMBUCO = ENCONTRO + AVALIAÇÃO + REALIZAÇÃO

Vocês devem estar se perguntando:
É só uma rima???
É uma combinação esdrúxula???
Ou é mais um neologismo criado por essa criatura "só pra se amostrar"???
Eu respondo: não é nada disso. É a combinação de palavras que procura expressar a sensação que tenho ao chegar de Gravatá, onde foi realizado nosso momento de avaliação. Foi um momento tão rico, tão cheio de coisas boas – teve um instante de angústia, mas foi só pra deixar a coisa mais emocionante – que não encontro outra forma de definir.
Avaliar costuma ser difícil, auto- avaliar-se, então, nem se fala. Mas dessa vez, vejo pessoas alegres, realizadas e com a sensação de que venceram ao aprender e compartilhar seus conhecimentos com outros professores e alunos que conseguiram refletir e crescer. E tudo isso, com simplicidade e coragem para enfrentar os entraves (que não foram poucos).
O primeiro momento foi de muito abraço e zoada. Era o povo todo falando ao mesmo tempo, comentando sobre tudo (tipo: “Vixe !! Como teu cabelo cresceu!!” “Tá loira, hein? Ficou mais bonita” “E aí? Continua com aquele projeto?”) e depois, de maneira mais organizada, desabafando sobre o percurso feito enquanto formador do Gestar 2 (soltando os cachorros, mesmo !!), compartilhando a experiência vivenciada. Ouvimos de tudo: um grupo era proibido pela coordenadora local de se reunir quando ela não pudesse estar presente; outro, teve que custear o material usado pelos cursistas; alguns precisaram pagar o transporte usado para chegar até o local em que estava a turma. No meu caso, pude dizer da minha alegria ao perceber que os problemas enfrentados por nós, aqui na cidade, foram pequenos quando comparados com os das colegas (apenas alguns diretores dificultaram um pouco o trabalho dos cursistas em sala de aula). O que sobressaiu nesses depoimentos foi a visão da garra, da disposição e do crescimento coletivo e individual.
No segundo momento, tivemos acesso a um resumo dos trabalhos realizados por cada formador.
Mostrei meu blog, exibi, orgulhosa, o da minha turma de cursistas e concluí bem rapidinho. Deixei registrado que o mais importante do gestar é que ele nos abriu perspectivas e nos mostrou um dos caminhos para que a coisa funcione melhor em sala de aula.




Vilani levou um vídeo muito lindo e bem feito (segundo ela, com a assessoria do seu parceiro e marido) com a fala de algumas cursistas e de alguns alunos; e, ainda, um banner que resumia em um parágrafo e algumas fotos toda a sua alegria em ser formadora do Gestar em Petrolina. Vejam que a foto transmite um pouco desse sentimento. (além de linda, ela não parece pinto no lixo???? Kkkkkkkkkkk)

Prazeres resumiu sua história de formadora com a produção de dois conjuntos de slides bem elaborados, recheados de poesia e fragmentos de textos das cursistas sobre o Gestar e seu reflexo em sala de aula. (vejam só, que charme : ela faz pose para superar a dor de barriga e dá um show de competência. Falando nisso, ressalto que o momento de preocupação do qual falei acima, foi a saúde dela que nos causou. A segunda noite em Gravatá ela passou no hospital, na companhia da colega Joselma que demonstrou muita solidariedade e cuidado)
Flávia, essa mocinha que está comigo, é praticamente uma BB na profissão, é cheia de energia, adora estudar e acredita que pode contagiar a todos com o seu espírito jovem e disposto. Eu disse a ela que, pelo jeito e por tudo que enfrenta para ser formadora do gestar (junto com Miriam, Isabel e Eliane), quando chegar onde eu já estou olhará para trás e verá que valeu a pena, especialmente pelo muito que propagou sua alegria e conhecimento em prol de uma educação de qualidade.
Ceiça, com seus cachinhos dourados, é a mais chique porque além de ter uma turma de cursistas, ainda apóia alguns formadores. Gente. Ela é poderosa mesmo !!! ( o outro é Ricardo, amigo especial , muito inteligente e antenado com tudo quanto é música que adora fazer a gente rir e com quem sinto enorme prazer de estar.)

“Precisamos ficar ao lado de pessoas que transmitem esperança”. Foi com essa frase que Paulo concluiu sua apresentação. Ele e as meninas da sua cidade, passaram maus bocados para conseguir implantar o gestar, mas se fortaleceram juntos especialmente conduzidos pela fé em Deus que ele tem e que o torna uma pessoa muito especial.
São José do Egito, terra de poesia e boemia, foi muito bem representada por Tacia, que além de ser muito competente, tem cursistas que pintam o sete e desenham o oito nas oficinas e em sala de aula para aproveitar tudo de bom que o gestar proporciona. Foi isso que pudemos ver quando ela apresentou seu trabalho e ainda presenteou nossa formadora com material distribuído em sua cidade para as cursistas.
Entenderam agora porque o neologismo??
Esse povo todo, mesmo diante das adversidades e apesar de receberem o menor salário do país, conseguiram ser formadores brilhantes do gestar sem perder a ternura e, ainda por cima, contagiando cursistas, fazendo amigos e contribuindo decisivamente para a melhoria da educação em Pernambuco.
Isso não é ser gente, com todas as letras e sentidos??????????

2 comentários:

GESTAR PORTUGUÊS disse...

Minha adorável amiga Diza, seu texto traduz toda simplicidade e carinho transmitido durante todo o período Gestacional (kkkk). Fiquei emocionada ao ler este, mais um dos seus, brilhante texto. como eu gostaria de ter pousado junto com vcs na foto de despedida. Nossa! Sonhei tanto com isso! Mas infelizmente nem tudo que desejamos podemos ter. Porém valeu muito amiga, pois conhecemos pessoas maravilhosas, determinadas e que fizeram da educação em Pernambuco uma nova história, onde a troca de experiências foi marcante em cada passo que demos. Muitíssimo obrigada por tudo de bom que vc me proporcionou. Bjks
Prazeres

Isabel Cristina disse...

Diza, você me acaba!!!!Ficou impressionada com sua percepção,sensiblidade e poder de síntese. Seus textos deliciosos, sou suspeita p/ falar, pois sou apaixonada por vocês por tudo o que você escreveu e, principalmente pelas pessoas maravilhosas que vocês são. Querida, você é uma querida mesmo para mim e vai estar em meu coração para sempre. Passei momentos incríveis com vocês, aprendi muito,você não faz ideia, me diverti com as resenhas...ai que saudade. Quero pedir-lhe que não abandone o blog, escreva sempre! Quero te acompanhar sempre.
Bjs com muito carinho.